.

"Aprende-se a escrever, lendo. E também é necessária uma grande humildade face ao material da escrita. É a mão que escreve. A nossa mão é mais inteligente do que nós. Não é o autor que tem de ser inteligente, é a obra. O autor não escreve tão bem quanto os livros."
António Lobo Antunes

Sunday, 6 January 2008

Escuridão

Hoje, o dia parecia jamais acabar...
Foi um dia escuro, sim, a escuridão predominou. Anseio que nem todos os dias irão ser assim, sossego porque acredito que tudo vai mudar, aliás, já começou a mudar. A minha mente muda, juntam-se pensamentos e sentimentos surreais. Alegra-me saber que vivo por mim, para mim e que sou feliz. Eu não sabia que isso era possível, e precisei de bater no fundo do poço para o descobrir, mas descobri e alegro-me! E canto, e danço e rio, e já não choro. Vou viver a minha vida, vou ser mais feliz do que tu. Não vou cair nos mesmos erros como tu, não vou recuar no tempo como tu. Sei que alguém ao virar da esquina estará á minha espera.
E anseio, e vivo e amo, cada momento, cada etapa, da minha nova, sim, nova vida.
Do meu verdadeiro e novo eu. Cada dia que passa é fantástico! Cada minuto, cada segundo... tenho vivido momentos, imagináveis, tenho tido alegrias impensáveis. Porquê? Vi-te, com ela, e tu sorrias estavas feliz, parabéns, mas quero ser mais feliz que tu, jamais voltarei a chorar por ti, a sofrer por ti, não mereces. Fiz da minha vida a tua. Para quê? Para aprender a crescer. Porque foi somente isso que aprendi, a crescer.
Agora aqui sentada, á frente deste computador, divago, e choro e riu e canto.
E mal posso esperar pelo amanhã que tenho pela frente...

Vou agarra-lo vou vive-lo e ama-lo e acreditar que a escuridão jamais voltará!




:)

2 comments:

monik said...

:'D


orgulho...

muito mesmo...

Pizoca said...

Esta mesmo mesmo giro, amor! Vejo-nos, ás 3, reflectidas ai nesse texto e gosto. Gostei. Tirando algumas virgulazinhas achei que estava brilhante! Tens d escrever mais, oh 'menina com cara de jornalista'!
Adoro.te miuda!