.

"Aprende-se a escrever, lendo. E também é necessária uma grande humildade face ao material da escrita. É a mão que escreve. A nossa mão é mais inteligente do que nós. Não é o autor que tem de ser inteligente, é a obra. O autor não escreve tão bem quanto os livros."
António Lobo Antunes

Tuesday, 2 September 2008

Something To Believe In - Bryan Adams (Inspirou-me)

Se olhasses verdadeiramente para os meus olhos, virias a minha alma, perceberias a minha saudade, a falta do teu cheiro, do teu sorriso, dos teus lábios. Necessito-te, os meus lábios estão secos clamam pelos teus, o teu cheiro já não paira na minha almofada, o teu sorriso está nítido nas lembranças, mas a minha alma... esta pobre alma geme em silencio, questiona-se e prende-se ao que não existe nem nunca existirá. Se me dissesses deixa tudo e fica comigo, eu ficava, nem que fosse por dia, por uma hora, só para te sentir. Preciso que me conquistem, preciso que me amem, preciso de acreditar em algo que me faça voar, tudo o que fiz foi por ti tudo o que fui dei-te a ti, e tu deitas-te tudo fora, tudo a perder. Não sei o que se passa comigo, mas não sei porquê sinto que tu também não andas bem. Pessoas diferentes, com caminhos diferentes, mas que um dia tiveram uma vida, um romance, um sonho. Já não sei o que é isso, não me recordo... Momentos simples, felizes únicos e sinceros foram nossos, o problema foi o querer mais e mais, e acabámos por não ter nada. Proclamei coisas que me fazem ter o arrependimento como algo diário, hoje vejo que não sabia o que dizia. Se me perguntasses: Estás feliz? Eu diria: Sou feliz, mas incompleta.
Hoje apeteceu-me deitar tudo cá para fora, o meu sorriso não jaz e a minha alma não descansa, quem sabe amanha quando acordar já terei morto as saudades nos meus sonhos.

1 comment:

Mónica said...

You should belive in your friends, in your family, in everything that makes you happy. Belive in true and pure future happyness, belive that you'll be happy sooner or later 'cause you will my dear, oh that i'm shore!!

I belive in you!
I always belived!
And always will!

Bécitó*